Filme da Globo sobre tradição musical de Marechal Deodoro estreia em Festival de SP

Publicado em 17 de Jun de 2019

“Numa pequena cidade do litoral do nordeste brasileiro, a música é como o peixe: o meio de vida de milhares de pessoas. Ao contrário de outras regiões, onde seguir a carreira musical é uma decisão considerada bastante temerária, em Marechal Deodoro, antiga capital de Alagoas, a música pode ser mais que a salvação de crianças em risco social – a garantia de uma profissão estável e duradoura”.

Essa é a descrição do filme documentário da Globo Filmes “Faz Sol Lá Sim”, dirigido pelo jornalista e poeta Claufe Soares, que estreou semana passada em São Paulo na 11ª edição do Festival In-Edit Brasil 2019 ao lado de 56 documentários com temáticas sobre música.

Em meio à edição de 2014 da Festa Literária de Marechal Deodoro (a convite de Carlito Lima, então secretário de Cultura da cidade), o jornalista à frente do Globo News Literatura decidiu fazer o filme ao se deparar com uma banda filarmônica da cidade. “Estava lá quando dobra na esquina aqueles trinta a quarenta músicos marchando, uniformizados, tocando lindamente, e eu `nossa, estou tendo uma alucinação, o que botaram nessa bebida?´”, disse o jornalista, o que o levou a descobrir o patrimônio musical de bandas de pífanos e nomes como Nelson da Rabeca.

Após estrear no Festival In-Edit (até 23 de junho) e participar em seguida de outros festivais, o jornalista espera trazer o filme a Alagoas ainda no segundo semestre deste ano. “Sem dúvida quero apresentar o filme pessoalmente e, de preferência, acompanhado pela apresentação de uma banda de músicos de Marechal Deodoro”, disse por telefone a AGENDA A.

Veja trailer do filme (por enquanto só disponível na plataforma Vimeo) aqui.



  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved