Bar com tecnologia self-service de cervejas artesanais abre na Jatiúca; veja como funciona

Publicado em 06 de Jun de 2019

Um painel com 15 torneiras de diferentes tipos de cerveja artesanal onde o cliente se serve sozinho e controla seu consumo por meio de um cartão individual pré-pago.

Essa é a proposta do Mr. Hops Tap House, bar aberto esta semana na Jatiúca (rua José Maia Gomes, 321, próximo ao Maikai) por três ex-colegas de engenharia civil e um contador que decidiram trazer ao Estado o sistema desenvolvido em Florianópolis chamado MyTaap, que transforma as chopeiras em máquinas self-service nas quais o consumidor paga apenas pelos mililitros que consumir.

Em vez de pagar pela taça, o cardápio digital lista o valor tendo por referência 100 ml de cada rótulo. Na casa, por exemplo, cada 100 ml da versão pilsen da cervejaria alagoana Hop Bros saem por R$ 2,09 (R$6,27 a taça de 300 ml), enquanto os 100 ml da versão APA da mesma cervejaria custam R$ 3,79. Além da Hop Bros, a casa tem chopes das alagoanas Caatinga Rocks (os 100 ml da premiada English Serelepe Brasileira saem por R$4,32), Deodora, Clube 66 e Duerre. De outros Estados, há torneiras das cervejarias pernambucanas Debron, Estrada e Navegantes e, de Aracaju, a Cervejaria Uçá.

“Fechamos parcerias com cervejarias locais e queremos ser um ponto de referência para quem aprecia as cervejas alagoanas que nada deixam a desejar entre as melhores do país” diz o engenheiro Lucas Gonzaga, um dos sócios da Mr. Hops. “Ainda assim, não fechamos contratos de exclusividade para garantir maior diversidade e rotatividade de rótulos aos clientes”.

No cardápio da casa, além das 15 toneiras de cervejas, há mais de 12 opções de drinks, entre clássicos e receitas exclusivas, além de rótulos de destilados como uísque, gin, vodka e tequila. Para acompanhar as bebidas, o chef Antonio Mendes, chef do restaurante Don Capri, montou versões de petiscos clássicos como tiras de filé ao molho de queijo e batatas fritas (por R$ 20), linguiça acebolada recheada com queijo coalho (R$16), Dadinhos de Tapioca (acompanhada de geleia de pimenta, por R$ 16) e até sanduíches como o hambúrguer Mr. Hops e o sanduíche de costela desfiada (ambos por R$ 20).

Segundo os sócios da casa, todo o consumo do bar é realizado por meio de um cartão individual pré-pago no qual o cliente adiciona a quantia de crédito que desejar (sem prazo de validade) no próprio local ou, se desejar, baixando um aplicativo. “Além de dar mais liberdade ao cliente, que pode beber exatamente que desejar, nosso objetivo é transformar a economia proporcionada pelo sistema em valores mais baixos aos nossos clientes, que não têm que pagar a taxa de 10% do serviço nem de couvert artístico”, diz Lucas, à frente da casa que tem o rock como trilha principal do ambiente.    

Com espaço para mais de 100 pessoas sentadas, a casa abre de quarta a sábado, das 17h às 01h da manhã (podendo se estender até às 2h no final de semana).

2jNbw6hw=XxEy}%&


Mais lidas

 

  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved