Professora de alunas premiadas no Caldeirão conta bastidores do projeto

Publicado em 20 de Dezembro de 2013

Uma semana após a premiação do projeto para a fabricação de tijolos com cinzas do bagaço da cana, no Caldeirão do Huck, a professora Sheyla Marques conta como o ambiente empreendedor no IFAL de Palmeira dos Índios fez a diferença

Agenda A: Como nasceu o projeto?

Sheyla Marques: Mesmo tendo experiência com projetos semelhantes em outras instituições no Rio Grande do Norte, onde nasci, esse projeto só foi viável pelo ambiente do IFAL aqui em Palmeira dos índios. Logo que cheguei, há três anos, percebi no IFAL de Palmeira uma energia diferente, um ambiente de estímulo à pesquisa, uma vontade muito grande dos diretores, colegas professores e alunos de participarem de projetos com impacto na vida das pessoas. Eu não tinha esse estímulo em outras instituições que ensinei e esse ambiente se deve muito à gestão do professor Carlos Guedes e de todos os professores que fazem o IFAL.

AA: Como ele foi viabilizado?       

SM: No início, não tínhamos sequer uma prensa para produzir os tijolos, que foi conseguida pelo professor Carlos Guedes com um empresário local.  A professora Edja Laurindo, coordenadora do Curso de Edificações, foi quem fez a ponte para a coleta de cinzas do bagaço da cana. O professor Emerson Lima, do grupo de Robótica do IFAL, foi fundamental para levarmos o projeto em feiras e mostras nacionais de Engenharia e Tecnologia, que credenciou o projeto para voos maiores. Enfim, foi um trabalho de equipe.

AA: Como o reconhecimento desse trabalho pode ajudar a mudar a educação em Alagoas?

SM: Acredito que o projeto é um reconhecimento do potencial dos nossos alunos que, muitas vezes, se esforçam mais para fazer a diferença do que alunos nas grandes capitais com mais recursos. Talvez por enfrentarem dificuldades como horas em estradas de barro para vir da zona rural, alguns deles valorizam ainda mais a oportunidade de aprendizado e pesquisa em comparação com jovens nos grandes centros com acesso a mais recursos. Tomara que essa visibilidade estimule o reconhecimento da importância da interiorização do ensino não só em Alagoas, como em todo país.    



  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved