Alagoas, Segunda, 24 de Jun de 2019
  • Enviar e-mail
  • Facebook

Almoçar fora em Maceió custa mais do que em São Paulo? Pesquisa Datafolha diz que sim

Publicado em 15 de Março de 2017

Prato principal, bebida não alcoólica, sobremesa e café.

Quanto custa em média para o trabalhador de Maceió uma refeição completa de almoço em bares, lanchonetes e padarias que servem refeições em pratos e mesa?

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha em novembro passado em todo o país a pedido da Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador (ASSERT), o custo médio de um almoço fora de casa para um empregado em Maceió é de R$ 34,31, o que faz da capital alagoana a quarta com média mais alta no Nordeste acima, inclusive, da média de São Paulo, que é de R$ 33,82.

Ao contrário do que se imagina, as cidades com o valor médio de pratos mais alto do Nordeste não são as maiores capitais, como Recife e Salvador, mas cidades menores como São Luís (mais cara, com média de R$ 36,96), Aracaju (segundo maior valor, com R$ 35,62) e João Pessoa (R$ 34,36), à frente de Maceió (veja abaixo ranking do Nordeste).

Como a pesquisa é feita com base em bares, lanchonetes e padarias que aceitam voucher-refeição, esse valor médio, claro, não inclui nem os grandes e sofisticados restaurantes dessas cidades nem tampouco os chamados pés-sujos que servem o piopular PF a preços bem mais módicos. Além disso, enquanto a pesquisa em São Paulo foi feita tendo como base quase 1200 estabelecimentos, em Maceió a base da mostra foi de 51 casas.

Veja pesquisa completa aqui.

Confira abaixo o preço médio da refeição nas cidades pesquisadas no Nordeste:

 

Cidade

Preço

São Luís

R$ 36,96

Aracaju

R$ 35,62

João Pessoa

R$ 34,36

Maceió

R$ 34,31

Recife

R$ 32,67

Natal

R$ 31,50

Salvador

R$ 31,25

Teresina

R$ 31,10

Fortaleza

R$ 28,98

Jaboatão dos Guararapes

R$ 28,07



  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved