Alagoas, Segunda, 24 de Jun de 2019
  • Enviar e-mail
  • Facebook

Alagoas lidera ranking de saldo de novos empregos em segmento industrial; veja qual

Publicado em 07 de Fevereiro de 2017

Em 2016, o Brasil perdeu 1,3 milhão de vagas de empregos formais. Em Alagoas, segundo dados de dezembro do Ministério do Trabalho e do Emprego,  foram quase 12 mil postos perdidos.

Em ao menos um segmento industrial, contudo, o saldo de empregos no Estado não apenas foi positivo, como ficou em primeiro lugar em saldo de novos postos de trabalho no segmento em todo o país.

Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria do Plástico, a Cadeia Produtiva da Química e do Plástico de Alagoas (CPQP) foi a líder no país em saldo positivo de empregos com a criação de 146 vagas - na contramão nacional do setor que perdeu cerca de 12 mil postos de trabalho em todo o país.

Segundo a associação, além de Alagoas, apenas quatro Estados do país tiveram saldo positivo de empregos na área em 2016: Mato Grosso do Sul (+129),  Mato Grosso (+83), Pernambuco (+77) e Acre (+5). Já São Paulo foi o Estado com maior saldo negativo de postos no setor, perdendo 4001 empregos na área - seguido de Minas Gerais (-2025),  Rio de Janeiro (-1599) e Santa Catarina (-1206).

“Alagoas deve permanecer contratando, sem demitir, inclusive num ritmo melhor do que o do ano passado. O que realmente nos diferencia do resto do país é a consolidação da nossa Cadeia, que reúne o Governo de Alagoas, Sinplast/AL e outras instituições em prol da estabilidade do segmento”, disse o presidente do Sindicato das Indústrias do Plástico de Alagoas (Sinplast/AL), Gilvan Leite.



  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved