Filme de alagoano é escolhido para representar Brasil no Oscar

Publicado em 11 de Setembro de 2018

O filme “O Grande Circo Místico”, do alagoano Cacá Diegues (eleito 30 de agosto passado novo imortal da Academia Brasileira de Letras), acaba de ser anunciado como o escolhido para representar o Brasil na disputa por uma indicação ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 2019.

A divulgação da escolha do longa foi feita na manhã desta terça-feira, na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, após a reunião da Comissão Especial de Seleção formada por nomes indicados pela Academia Brasileira de Cinema.

“Foi uma discussão de duas horas, com filmes muito interessantes, mas finalmente chegamos a uma conclusão. O mundo precisa de um pouco de poesia e magia, e o filme do Cacá vai fazer isso muito bem”, disse ao jornal O Globo a produtora Lucy Barreto que fez parte da comissão de escolha ao lado da atriz Bárbara Paz, do produtor Flavio Tambellini, dos diretores Jeferson De e Hsu Chien Hsin e das produtoras Katia Adler e Claudia da Natividade.

Inspirado no poema do alagoano Jorge de Lima, o filme tem como trilha sonora as canções que Chico Buarque e Edu Lobo compuseram para o espetáculo musical homônimo criado em 1982 para o Balé Teatro Guaíra, de Curitiba, que foi lançado em disco pela Som Livre em 1983 – com canções que se tornaram clássicas como, por exemplo, “Beatriz”.

Previsto para estrear comercialmente nos cinemas brasileiros neste mês, o novo filme de Cacá Diegues tem um elenco de peso formado por nomes como Jesuíta Barbosa, Bruna Linzmeyer, Antônio Fagundes, Juliano Cazarré, Marcos Frota, Mariana Ximenes e o ator francês Vincent Cassel.

Saiba mais sobre o anúncio no site de O Globo aqui.



  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved