“Maceió tem a melhor orla do Nordeste para o triathlon”, diz promotor do Ironman no Brasil

Publicado em 12 de Abril de 2017

No próximo dia 6 de agosto, Maceió será sede do Ironman 70.3, versão mais popular da franquia do evento mais famoso do mundo de triathlon (atletismo, ciclismo e natação), com percurso de 1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21,1km de corrida (o Ironman original tem o dobro desse percurso).

“Nossa intenção não é apenas realizar o melhor evento esportivo do Estado em 2017, como consolidar o Ironman no calendário de Maceió para os próximos anos”, diz Carlos Galvão, diretor da Unlimited Sports, representante da marca Ironman no Brasil.

Logo após a coletiva de imprensa na manhã desta quarta (12) para o lançamento do Ironman 70.3 Maceió, o representante da marca no Brasil falou à AGENDA A sobre o impacto do evento no Estado e do potencial de Alagoas como cenário para eventos esportivos internacionais. 

Qual o impacto concreto, inclusive econômico, da vinda de uma etapa da prova Ironman em Alagoas?

A importância do evento vai além da força da marca Ironman, tão popular mundialmente que é apontada como a segunda marca mais tatuada por pessoas no mundo inteiro (perdendo apenas para a Harley Davidson). Como uma das características dos praticantes da modalidade é o fato de viajar em família, as cerca de 1000 inscrições previstas para o evento devem representar a vinda de cerca de 4000 pessoas a Maceió de outros Estados do Brasil e do mundo com alto poder de consumo. Isso sem contar a mídia gerada para a região com a promoção internacional de imagens do evento. Enfim, Alagoas tem todas as condições de contar com uma das melhores etapas do Ironman no mundo.

Há 18 anos, você foi um dos responsáveis por realizar a primeira prova de Ironman no Brasil, em Florianópolis, e conhece dezenas de cidades no mundo inteiro que são sede de eventos esportivos. Comparando com outros destinos, quais os pontos fortes e fracos de Maceió?

Alagoas tem um cenário excepcional para realizar eventos esportivos. Conta com atrações naturais fantásticas e uma orla urbana com condições excelentes para a prática de esportes. Claro que, como todas as cidades do país, a área urbana tem alguns problemas de infraestrutura que precisam e vão ser melhorados. A Prefeitura, por exemplo, já garantiu que irá solucionar alguns deles, como as chamadas línguas sujas em alguns pontos da orla. Mas, sem dúvida, acho que Maceió está entre os melhores destinos do país para a prática de esportes e para ser sede de eventos como esse.

Você continua praticando esportes e conhece bem a orla urbana de Maceió. Como praticante, como você avalia as condições de nossa ciclovia e dos espaços para corrida?

O que mais me impressiona em Maceió é a movimentação constante na orla para a prática de esportes das primeiras horas do dia até a noite. Por volta das 22h, ainda é possível encontrar pessoas correndo e pedalando nas ciclovias, o que é algo excepcional. Outra iniciativa importante foi o fechamento do trecho da orla entre 4h30 e 6h30 da manhã para praticantes de esporte, o que cria uma janela de segurança essencial para quem treina diariamente. Enfim, acho que Maceió tem, provavelmente, a melhor orla do Nordeste e está entre os três melhores destinos do país para eventos como esse, ao lado de Florianópolis, no Sul, e do Rio de Janeiro.=, no Sudeste. Por isso mesmo, temos certeza de que o Ironman Alagoas tem tudo para ser um dos melhores do mundo.



  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved