Pesquisa mostra que valor de imóveis em Maceió resiste a cair apesar da crise; entenda aqui

Publicado em 11 de Maio de 2017

Apesar de o mercado imobiliário alagoano ter sido fortemente impactado pela maior crise econômica do país nos últimos anos, o valor médio do metro quadrado de imóveis usados em Maceió não chegou a cair conforme a expectativa dos compradores.

 Ao menos é que o indica uma pesquisa realizada pela Fundação do Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) sobre o valor dos imóveis usados em 203 cidades brasileiras publicada na edição que está nas bancas pela revista Exame.

De acordo com a pesquisa da Fipe, a média do metro quadrado de imóveis à venda usados em Maceió teve variação positiva nominal nos últimos 12 meses de 1,4%, acima no Nordeste de cidades como Recife (0,8%), Fortaleza (0,8%), São Luís (0,8%), Campina Grande (0,7%), Aracaju (0,1%) e Natal (que chegou a ter variação negativa de – 0,7%). Acima de Maceió, as únicas capitais do Nordeste com valorização maior foram Teresina (3%), Salvador (2,5%) e João Pessoa (1,7%).

Ainda assim, como a inflação acumulada no mesmo período ficou acima de 4%, trata-se, na prática, de uma leve desvalorização -o que, como diz a revista, comprova o bom momento quem tem recursos e quer barganhar por preços menores. 



  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved