Do Benedito Bentes à França: matemático que voltou a AL para mudar educação é premiado nesta 6ª

Publicado em 19 de Jul de 2019

Na manhã desta sexta (19), na sede do Banco do Nordeste, em Fortaleza, o professor do Instituto de Matemática da Ufal Krerley Oliveira foi o primeiro alagoano a receber a Comenda BNB de Desenvolvimento Regional na categoria acadêmica – que, desde 2015, foi entregue apenas a outros três pesquisadores nacionais: o fundador do Porto Digital Silvio Meira, a pesquisadora de origem italiana radicada em Goiás, Celina Turchi, que descobriu a relação do vírus da Zika e a microcefalia, e o economista cearense Nilson Holanda, ex-presidente do BNB e primeiro a receber a comenda (no caso como homenagem póstuma, em 2015, logo após seu falecimento).

Ex-aluno do Colégio Fantástico, no Benedito Bentes, dirigido ainda hoje por sua mãe, Krerley foi cativado para o mundo da Matemática logo após ingressar na Escola Técnica (hoje Instituto Federal de Maceió) por meio de um programa desenvolvido nos anos 1990 pelo professor Edmilson Pontes, que formou gerações de pesquisadores e profissionais da área de Exatas em Alagoas. Antes mesmo de ingressar no curso de graduação de Matemática, Krerley já se destacava em cursos intensivos no IMPA, o Instituto de Matemática Pura e Aplicada, no Rio de Janeiro, e ainda durante a graduação deu início ao programa de Mestrado se destacando mais tarde na área de sistemas dinâmicos – que anos depois resultaria em obras como Foundations of Ergodic Theory (em tradução livre, Fundações da Teoria Ergódica), em coautoria com o professor do IMPA Marcelo Viana.

E apesar de uma carreira acadêmica bem sucedida no país e até internacionalmente (ele participou da equipe coordenada por Marcelo Viana que recebeu o prêmio Gran Prix Scientifique Louis D., maior prêmio científico da França, em 2016), Krerley decidiu retornar ao Estado não apenas para reforçar o time do Instituto de Matemática da Ufal, onde ajudou a estruturar o Mestrado e o Doutorado, como para desenvolver programas para a formação de professores e estudantes da rede pública do Estado.

Em 2003, ele criou a Olimpíada Alagoana de Matemática, que contou com a participação de cerca de 100 escolas (aproximadamente 10.000 alunos), e se tornou coordenador regional no Estado da Olimpíada Brasileira de Matemática, liderando um grupo de treinamento de alunos para a competição. “Além de reconhecido por sua pesquisa, a atuação de Krerley no estímulo e formação de alunos e alunas da rede pública para o ensino de Matemática foi um dos pontos decisivos para a escolha do seu nome para a Comenda”, diz Tibério Romão, gerente do Escritório de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene) do Banco, grupo responsável pela identificação de acadêmicos candidatos a receber a comenda. De acordo com o gerente, a seleção é feita a partir de uma base de dezenas de pesquisadores com atuação relevante na região. “Dentre dessas dezenas de nome selecionadas, chegamos a uma lista final de 5 indicados e acredito que o impacto e envolvimento do pesquisador na formação de milhares de jovens foi decisivo para a escolha”, diz o gerente.

“Fico muito feliz com o reconhecimento de nosso trabalho que é resultado de um esforço conjunto de um grupo de professores que se empenham em fazer a diferença na vida de estudantes de Alagoas”, diz Krerley. “Com esse reconhecimento e apoio de instituições que acreditam na mudança e evolução de nossa região, como a Fapeal e o próprio BNB, acredito que podemos ampliar parcerias, inclusive com o setor privado, para ajudarmos a produzir um impacto ainda muito maior na vida dos jovens no Estado”, diz o pesquisador, que no mês de junho passado organizou o seminário “Meninas nas Exatas em Alagoas” para promover maior participação das mulheres nessas áreas.

Após esse reconhecimento regional, resta saber se governo e prefeituras saberão aproveitar a liderança do pesquisador alagoano para, quem sabe, transformar o Estado em uma referência no ensino da Matemática – base para áreas mais promissoras do século 21 como Ciência de Dados, entre outras. 



  • Ideias
  • Agenda A ideias é um espaço plural discussão de temas comprometidos com a melhoria do ambiente de negócios e da qualidade de vida dos alagoanos.

  •  
  • Turismo
  • Vídeos

© AGENDA A 2013. All rights reserved